Remédios: Saiba o que são, as causas, sintomas e tratamento das varizes pélvicas.

Posted on

Ainda hoje, a relação da presença de varizes pélvicas com a dor pélvica crônica segue controversa entre os médicos.

O surgimento de varizes no útero (ou varizes pélvicas) acontece devido à dilatação e alongamento das veias na região da pelve¹. Essas varizes frequentemente estão associadas à Síndrome da Congestão Pélvica e são uma das principais causas de dor pélvica crônica em mulheres¹,², que geram diversos transtornos em suas rotinas. Apesar de também afetarem homens, as varizes pélvicas nas mulheres são mais difíceis de identificar, uma vez que seus sintomas são bastante parecidos com os da endometriose¹. Entre os principais sintomas das varizes pélvicas, estão: ● fortes dores abdominais (na região do baixo-ventre)¹,²; Descartadas essas possibilidades, é realizado o exame para identificar a presença de varizes na região pélvica³. O ecodopler colorido, apesar de ser um exame minimamente invasivo, auxilia no diagnóstico das varizes pélvicas, mostrando veias dilatadas na região dos ovários, do útero e do colo do útero¹. No caso das varizes pélvicas, todo cuidado é pouco, uma vez que as veias na região da pelve têm como função conduzir o sangue ao coração¹. Ao primeiro sinal de dor pélvica crônica persistente, associada a outros sintomas, procure um médico especializado para descartar a possibilidade de varizes no útero. As veias que drenam a maior parte da região pélvica são as veias hipogástricas e as veias gonadais.

Varizes Pélvicas – Causas, Sintomas e Tratamento

  • no período pré-menstrual;
  • após longos períodos em pé;
  • durante atividade física que causa aumento da pressão abdominal;
  • durante/após uma relação sexual.

Alguns pacientes, principalmente aquelas mulheres que tiveram mais de 2 gestações, podem desenvolver dilatações dessas veias que drenam o sangue da região pélvica.

A pessoa portadora de varizes pélvicas poderá também apresentar varizes cuja causa não se encontra nas pernas, mas sim nas veias insuficientes da pelve. Desta forma, aquilo que chamamos de insuficiência venosa pélvica pode ter implicações maiores do que sintomas localizados naquela região corporal. O diagnóstico da causa das varizes dos membros inferiores pode necessitar investigação da circulação pélvica. O melhor exame para o diagnóstico da Síndrome da Congestão Pélvica e das varizes pélvicas é a Flebografia. Confirmada  a causa da dor pélvica pelas varizes pélvicas, durante esse exame já podemos realizar o seu tratamento intervencionista. Também melhoram os sintomas das varizes de membro inferior e em região vulvar. Juliana Puggina Cirurgia Vascular e Endovascular CRM-SP 134.963 As varizes, apesar de serem mais comuns nas pernas, também podem acometer as veias da região pélvica. Essas varizes da região pélvica podem levar a quadro de dor durante e após a relação sexual e dor na parte inferior do abdome, a chamada dor pélvica crônica. Síndrome da Congestão Pélvica: entenda o que é isso As varizes pélvicas são veias dilatadas ao redor dos órgãos da pelve, como útero e ovários.

Saiba o que são, as causas, sintomas e tratamento das varizes pélvicas.

  • medicamentos hormonais
  • Embolização, um procedimento minimamente invasivo cateter para “tapar” a veia varicosa

A presença dessas varizes em grande quantidade leva ao aparecimento de sintomas, que caracterizam uma doença chamada Síndrome da Congestão Pélvica.

A síndrome da congestão pélvica é caracterizada pela presença de dor na região inferior do abdome, popularmente conhecida como baixo ventre. O refluxo nas veias da região pélvica podem, inclusive, ser causa de reaparecimento de varizes nas pernas daquelas mulheres que já realizaram cirurgia para varizes. Sendo assim, as varizes pélvicas devem sempre ser investigadas na recidiva da doença varicosa, porque podem ser a causa de seu reaparecimento em até 17% dos casos. Os portadores dessa síndrome, além dos sintomas relacionados com a congestão das veias pélvicas, apresentam ainda dores nos flancos e perda de sangue na urina (hematúria). A Síndrome de Cockett ou ou Síndrome de May-Thurner é uma outra doença relacionada com o aparecimento de varizes da região pélvica. Tratamento das varizes pélvicas Quando é feito o diagnóstico desse problema, precisamos identificar a causa das varizes para indicar o melhor tratamento. Essas varizes podem ser restritas à região pélvica isoladamente ou se extenderem até o períneo, vulva e/ou membros inferiores. O conhecimento dos diferentes tipos de drenagem da região pélvica é essencial para um bom entendimento da fisiopatologia e tratamento das veias varicosas da pelve. Para isso, o médico tem que introduzir uma agulha nas veias da região pélvica, colocar um cateter e só depois inserir as “molas”.

Quais são os sintomas das varizes pélvicas / Síndrome de Congestão Pélvica?

  • Durante ou após a relação sexual
  • No período menstrual
  • Depois de determinadas atividades físicas, como andar de bicicleta ou a cavalo.

Este é um dos sintomas da Síndrome de Congestão Pélvica, também conhecida como varizes pélvicas.

Outras possíveis causas das varizes pélvicas são questões hereditárias, além de alterações hormonais. Por Thamirys Teixeira As varizes pélvicas são veias dilatadas na pelve, que apesar de não ter cura, os sintomas podem ser controlados através de tratamento clínico e/ou cirúrgico. Quais as causas das varizes pélvicas ? Sua presença pode causar graus variáveis de dor e desconforto no baixo ventre, conhecido como síndrome da congestão pélvica. As varizes pélvicas são uma das causas de dores crônicas abdominais nas mulheres, principalmente após aos 30 anos de idade. Muitas vezes os sintomas são confundidos com problemas ginecológicos, porém, na verdade estes sintomas indicam que a paciente apresenta um quadro associado as varizes pélvicas. Vejam quais são estes sintomas: As varizes pélvicas dificultam o retorno natural do sangue para o coração, este é o motivo das fortes dores no abdômen que se tornam crônicas. Uma das manifestações desse problema ocorre na região do abdome: são as chamadas varizes pélvicas. Essas veias possuem válvulas, assim como as da perna, que passam a funcionar de forma insuficiente, prejudicando a drenagem do sangue da região pélvica.

As queixas mais comuns são de peso ou desconforto na região inferior do abdômen sem encontrar qualquer sinal de inflamação pélvica ou doença urogenital.

[/mp_row] As varizes no útero, também conhecidas como varizes pélvicas, surgem devido à dilatação e alongamento das veias na região pélvica. Em vários casos, esta patologia surge associada à Síndrome da Congestão Pélvica, constituindo uma das principais causas de dor pélvica crónica no sexo feminino. Em alguns casos, as varizes pélvicas podem não manifestar sintomas. A presença dessas varizes em grande quantidade provoca sintomas que caracterizam a Síndrome da Congestão Pélvica. Sabendo que a gravidez pode piorar as varizes pélvicas, agravando seu tamanho ou mesmo sintomas”, alerta. Diagnóstico e TratamentoO diagnóstico e tratamento das varizes pélvicas são obtidos por meio de exames como eco-doppler, tomografia abdominal ou pélvica e angiorressonância. O ginecologista faz o diagnóstico e tratamento das varizes pélvicas nas mulheres, e o urologista nos homens, através de exames, como eco-doppler, tomografia abdominal ou pélvica e angiorressonância. As varizes pélvicas não têm cura, mas os sintomas podem ser controlados através de cirurgia e remédios. A imagem é essencial na avaliação de varizes pélvicas. O retorno do sangue da região pélvica é feito através das veias ilíacas internas e veias ovarianas. Numa dessas veias pode surgir fluxo invertido, causando varizes pélvicas e o síndrome da congestão pélvica. O retorno do sangue da região pélvica acontece pelas veias ilíacas internas e veias ovarianas. O fluxo invertido em alguma dessas veias podem causar varizes pélvicas e a síndrome da congestão pélvica. A dor pélvica está sempre ligada ao sistema reprodutivo e é um sinal de alguma outra doença presente na região, por isso precisa ser investigada. Varizes Pélvicas – Causas, Sintomas e Tratamento de forma 100% natural. Embora afetando principalmente as mulheres, os homens também podem sofrer de varizes pélvicas, causando uma muito diferentes sintomas e as consequências podem ser muito graves. Então, confira Varizes Pélvicas – Causas, Sintomas e Tratamento. Causas de Varizes Pélvicas: A causa das varizes pélvicas, homens e mulheres, ainda é desconhecida.