Conheça o tratamento de varizes com o método espuma Santo André, São Paulo

Posted on

A cirurgia de varizes irá tratar as veias aparentes e suas causas.

Evidências atuais sobre o tratamento de varizes com espuma ecoguiada sugere que o método é eficaz no curto e médio prazos. A escleroterapia, conhecida por muitos como “aplicação”, é um tratamento destinado à eliminação das telangiectasias (vasinhos), que se encontram na parte mais superficial da pele. O tratamento com espuma, gradativamente se firmou como método tão bom ou até melhor que a cirurgia de varizes convencional para o tratamento e controle das varizes. A grande vantagem da escleroterapia com espuma em relação ao método convencional é o seu melhor efeito em vasinhos de maior calibre e varizes. A espuma, por ser mais densa, “empurra” o sangue ocupando todo o volume das varizes sem que haja muita diluição da substância esclerosante pelo sangue. Quando se trata varizes de maior tamanho, a espessura de parede vascular que a espuma tem que penetrar e fazer seu efeito é muito maior. A maioria dos paciente que apresentam indicação de cirurgia podem ser submetidos a este método, que não apresenta corte e não requer anestesia. O tratamento de varizes com espuma apresenta um índice muito baixo de complicações, que também podem ocorrer com a cirurgia de varizes. Uma técnica mais eficiente no tratamento de varizes está sendo testada em quatro hospitais públicos do Rio de Janeiro.

O tratamento das varizes com espuma é uma opção à realização de cirurgia, o uso de esclerosantes em forma de espuma tem se popularizado nos últimos anos.

  • Publicado: Quinta, 02 de Fevereiro de 2017, 10h00
  • Última atualização: 02/02/17 16h01

Médicos treinados pela Sociedade Brasileira de Angiologia e de Cirurgia Vascular do Rio de Janeiro estão usando esta técnica no tratamento de pacientes de quatro hospitais públicos.

Só no Rio, 12 mil pessoas aguardam pelo tratamento, segundo a Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. O tratamento à base de espuma também não está incluído na cobertura mínima dos planos de saúde. De acordo com Cristiane Vilaça, cirurgiã vascular do HU-UFS, o método é menos invasivo e sem corte Só quem sofre com varizes conhece o desconforto causado por elas. O método, de acordo com a cirurgiã vascular do HU-UFS, Cristiane Vilaça, é menos invasivo, sem corte e não tem ponto cirúrgico. Casos Cristiane Vilaça enfatiza que a aplicação com espuma pode ser feita em praticamente todos os casos de varizes, mas que é mais aconselhável para situações graves. “A espuma trata a veia por dentro, e nós acompanhamos tudo via ultrassonografia no momento da aplicação”, diz. A melhor aplicação para a espuma é o tratamento de veias de maior calibre, mas também pode ser usada na aplicação de vasinhos. Dr. Robson Barbosa de Miranda é Angiologista, Cirurgião e Ecografista Vascular Últimamente tem-se falado muito da espuma como tratamento das varizes e vasinhos. A técnica consiste em aplicar uma substância esclerosante chamada Poidocanol, em forma de espuma, diretamente nas varizes, até que estas desapareçam.

Nas varizes de maior calibre, este tratamento pode não dar o melhor resultado, mas é capaz de diminuir o seu tamanho, sendo necessária mais de 1 aplicação na mesma variz.

Sobre os modernos métodos, como a Espuma densa, dizemos sempre, tanto eu como o Dr. Hugo Neves, meu filho, que o melhor método é aquele mais indicado ao seu caso. Não existe um super método infalível para curar de vez qualquer tipo de varizes. Mas as pessoas que tem varizes grandes, se não tratar, vão evoluir para situações mais graves de maior inflamação. Eu comecei a me perguntar, e perguntar aos colegas pelo Brasil “mas você usa a espuma para tratar seu doente do SUS?”, “Ah não, não uso”. Pioneiro no Brasil na utilização do método, o professor já atendeu mais de 1500 casos com resultados expressivos. “Ao contrário da cirurgia, os pacientes que tratam as varizes com o método espuma não se afastam de suas atividades. As estatísticas e os resultados não deixam dúvidas de que o método espuma irá substituir a cirurgia”, finaliza Prof. Eduardo. Por outro lado, as complicações dos procedimentos foram iguais nas pessoas tratadas com espuma e cirurgia convencional, contudo inferiores nas tratadas com laser. Ao mesmo tempo, quem foi submetido a tratamento da safena com espuma teve menor taxa de sucesso, se comparado ao laser e à cirurgia convencional.

Somado a isso, as pessoas submetidas a esse método tiveram mais queixas de qualidade de vida após seis meses do procedimento, principalmente do ponto de vista estético.

Caso prefira, entre em contato diretamente com ele via e-mail: Qual o melhor tratamento para varizes: laser, espuma ou cirurgia? (100%) votes O uso dos esclerosantes em forma de espuma tem se popularizado nos último anos como tratamento para as varizes e vasinhos. Nesse artigo, vou explicar um pouco mais sobre o método e em que situações ele pode ser indicado. O tratamento para varizes com espuma é um tipo de escleroterapia. O objetivo do Dr. Tessari era produzir um esclerosante que fosse mais eficaz, tratando as varizes de forma simples, barata e sem cirurgia. O tratamento com espuma de polidocanol está indicado principalmente para as varizes e veias reticulares. Ele pode ser realizado no próprio consultório do médico Cirurgião Vascular sob anestesia local, e não requer os cuidados que uma cirurgia de varizes necessita. Porém, a efetividade do tratamento para varizes com espuma não é tão boa quanto à cirurgia, seja a cirurgia tradicional ou os métodos mais recentes como laser e radiofrequência. Além disso, o tratamento das varizes com espuma pode levar a complicações como , embolia pulmonar, flebites, manchas escuras na pele e feridas.

Conclusão: o tratamento com espuma para varizes é uma boa opção, mas precisa ser bem indicada.

América - São Paulo/SP Entre em contato: Ultimamente tem-se falado muito sobre espuma para tratamento de varizes e vasinhos. É um excelente método, porém, como todo tratamento, a espuma tem seus problemas. Ele pode ser realizado no próprio consultório do médico Cirurgião Vascular sob anestesia local, se necessário, e não requer os cuidados que uma cirurgia de varizes necessita. Além disso, o tratamento das varizes com espuma pode levar a complicações, como trombose venosa profunda, embolia pulmonar, flebites, manchas escuras na pele e feridas. Algumas das perguntas mais frequentes: É possível tratar os vasinhos com espuma? Conclusão: O tratamento com espuma para varizes é mais uma opção do Cirurgião Vascular com a finalidade de proporcionar o melhor resultado para seus pacientes, mas precisa ser bem indicada. A vantagem da preparação em espuma é que ela circula mais lentamente em vasos de grande calibre, obtendo-se assim o melhor resultado. A principal vantagem deste método é a possibilidade de tratamento no consultório sem a necessidade de internação hospitalar. É muito importante que o médico deixe claro que como qualquer método de tratamento existe a possibilidade de insucesso e também o reaparecimento das varizes. Então quem são os pacientes candidatos a este método de tratamento?